Diz que me adora, mas não me namora. O que fazer?

Ele diz que gosta muito de você. Manda mensagem o tempo inteiro. Liga. Conversa. Se importa.

Diz que te ama, que te adora. Que não consegue ficar longe.

Mas firmar relacionamento sério que é bom?

“Não rola, desculpa. Não estou preparado para isso…”

Coitado, ele está traumatizado com experiências anteriores, você conclui. É por isso que não oficializa nada. É por isso que não toma a atitude.

Você tem certeza de que ele gosta de você. De que te vê como alguém especial. De que ele sente a sua falta.

Mas o problema é que ele não sabe lidar com os fantasmas internos…

Se não fossem os traumas, daí sim vocês estariam juntos de verdade. Daí sim a coisa fluiria.

É bizarro, não é verdade? Porque ele diz que não quer namoro, mas, ao mesmo tempo, manda sinais contraditórios.

Afinal, vocês saem todo final de semana. Falam horas e horas. Ele te apresenta para os amigos. Ele fala de você para família. E faz agrados que nunca ninguém te fez antes…

Essa história te parece familiar?

Você já viveu aquele “quase relacionamento”? Aquele “tipo namoro”? Aquela relação meio estranha, que é até difícil saber como classificar?

Se sim, eu preciso te mandar já uma real:

Você não vai curar os traumas desse homem, por mais que insista em se enganar que sim.

Veja bem, meu amigo:

Problemas todos nós temos. Uns mais, outro menos. Mas todos temos nossas questões mal resolvidas.

Nossos medos. Nossas dúvidas. Nossas inseguranças.

O caso é que você não tem o menor controle sobre as atitudes das outras pessoas – tem apenas sobre as suas!

Então, se ele vai se tratar. Se vai buscar ajuda. Se vai se esforçar para melhorar…

Tudo isso não está nas suas mãos. Desculpa, mas não está.

Está só nas mãos dele, gato!

Você não consegue resolver os problemas dos outros. Assim como ninguém consegue resolver os seus.

E assim é a vida.

Aqui o melhor que você pode fazer nessa situação:

Portanto, o melhor que você tem a fazer quando um homem fala que não sabe o que quer, que não está preparado, que está traumatizado, que não quer apressar as coisas ou sei lá qual desculpa…  é sabe o quê?

É o seguinte:

Acreditar no que ele está falando!

Exatamente.

Por mais que os sinais confundam. Por mais que ele pareça perdidamente apaixonado. Por mais que a relação de vocês pareça o match perfeito.

Acredite nele.

O que ele está te falando é: eu não dou conta de resolver esse negócio que tem dentro de mim agora. Não dou conta, não estou pronto e não quero.

É isso que ele está te falando. Sem mais delongas.

E, veja bem, aqui entra uma palavrinha muito importante:

Momento!

Não quer dizer que o lance entre vocês nunca vai funcionar. Mas o fato é que agora ele não está preparado para isso.

Também não quer dizer que ele seja um cafajeste, malandro e que está só te enganando. Não necessariamente.

Mas sim que, neste momento, ele precisaria de uma terapia. Coisa que, repito, você não tem o poder de fazer acontecer.

Por isso, conselho de amiga:

Ouça esse homem e siga com a sua vida para frente. Caso contrário, você corre o risco de perder 2 meses, 3 meses… 1 ano nessa história.

Esperando!

Se posicione

É hora de se posicionar, meu amigo.

Diga a ele:

Olha só, nesse momento, eu estou buscando alguém que queira estar 100% comigo. E eu tô percebendo que não é o seu caso. Gosto muito de você, foi muito legal tudo que a gente viveu, mas, se for para seguir assim, acho que é melhor pararmos por aqui.

E beijo. Tchau.

A mensagem é muito clara: ou cague, ou desocupe logo a moita.

Até porque, quando você se posiciona, acontece algo mágico:

Você aumenta o seu valor!

Ele vai pensar:

Nossa, que cara incrível! Ele sabe o que quer e não aceita nada menos do que merece. Eu adoraria estar com ele se eu estivesse no meu momento de estar com ele…

E daí o que pode acontecer é que, quando chegar o tal momento dele de estar em um relacionamento, ele vai lembrar de você.

Bingo!

Entenda de uma vez por todas que a única maneira de mudar a atitude das outras pessoas com relação a gente é mudando a nossa primeiro.

É se posicionando. Colocando limites. Deixando claro o que você aceita e o que você não aceita.

Então, não tenha medo de colocar as cartas na mesa.

Atenção para o custo da oportunidade!!!

Além do mais, tenha em mente que a questão não é apenas o tempo que você está perdendo com esse boy. Mas também todas as outras pessoas que está deixando de conhecer.

Tem um custo ALTÍSSIMO da oportunidade que você não vê.

Sim, senhor!

Existem muitas outras possibilidades aí fora, sim. E, no momento que você se prende numa história e em alguém, está dizendo “não” a todas essas possibilidades.

Você, definitivamente, não precisa de amores pela metade. Ou vem inteiro e de cabeça, ou não serve.

Ou ele caga, ou que desocupe logo a moita.

E, se você está precisando escutar mais umas duras verdades ainda sobre esse assunto, não deixe de ver o vídeo:

O QUE VEM DEPOIS?

Se você gostou dessas dicas, vai gostar da que vem agora:

Já imaginou se alguém dissesse que é possível melhorar a autoestima, superar as armadilhas mentais e se tornar um homem altamente irresistível?

Pois é…

Preciso dizer para você que, sim, você pode atrair o cara que você quiser.

E não importa a sua idade. Nem se você é gordo, magro, feio ou bonito…

Quer  saber como?

Descubra o IRRESISTÍVEL, primeiro programa do mercado brasileiro que ajuda você, homem gay, a desenvolver as suas habilidades sociais, ser mais carismático, autoconfiante e atraente.

São instruções diretas e fáceis de colocar em prática.

Ao aplicar essa sequência de atração irresistível em qualquer homem, você verá a rapidez com que ele te verá com outros olhos.

>>> Clique aqui e conheça o método IRRESISTÍVEL. <<<